VII Seminário Regional da ANPAE - Região Sul

13 a 14 de abril de 2023, Londrina, Paraná

Início | Submissão | Inscrição | Programação | Cronograma | Comissões | Hotéis

Apresentação


Após dois anos do período mais crítico da pandemia de COVID-19, retomamos, em 2022, as atividades presenciais, buscando superar os diversos impactos dessa pandemia no contexto social, nas nossas vidas pessoais e profissionais.

É com esse sentimento de busca de superação de um contexto atravessado por inúmeros problemas econômicos, políticos, sociais, sanitários, de ataques à democracia, de tentativas de golpes e de retrocessos educacionais que a comissão organizadora do evento propõe a retomada da realização do Seminário Regional, no formato presencial, a partir da necessidade do encontro e da discussão do momento crucial em que estamos e seus rumos para a educação brasileira nos anos seguintes.

Tendo isso em vista, VII Seminário de Política e Administração da Educação da Região Sul ocorrerá nos dias 13 e 14 do mês de abril de 2023, nas dependências da Universidade Estadual de Londrina (UEL), com a colaboração das seções estaduais da Anpae Sul.

O tema geral do Seminário será “Políticas Educacionais: por uma gestão pública e democrática”, o qual buscará contribuir para publicizar as produções científicas dos(as) pesquisadores(as) da Região Sul que se dedicam a pesquisar o campo das políticas educacionais e suas implicações nos processos de gestão da educação, sobretudo, com o objetivo de fortalecer a democracia na educação pública brasileira. Pretende, também, possibilitar o debate, a troca de experiências, a articulação dos(as) associados(as) da Anpae, grupos de pesquisa, profissionais da educação, estudantes, integrantes dos movimentos sociais e populares.

OBJETIVOS

Geral:

Promover a divulgação das produções científicas dos(as) pesquisadores(as) do campo das políticas educacionais, assim como debates e reflexões acerca dos desafios da gestão pública da educação para o fortalecimento da democracia brasileira.

Específicos:

Apresentar dados e proposições sobre as políticas educacionais e de gestão da educação para a ampliação e o fortalecimento da participação coletiva nos processos decisórios.

Promover a participação de pesquisadores(as), estudantes, professores(as) da educação básica e superior, integrantes dos movimentos sociais e populares, a fim de se realizar a troca de experiências, conhecimentos e possíveis articulações para pesquisas conjuntas.

Problematizar as estratégias de luta e resistência do campo educacional para o enfrentamento das políticas ultraconservadoras, ultraliberais e antidemocráticas.

top